DESTAQUE DA SEMANA:

TERRA MÉDIA #LUDERIA

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Viajei, pensando em Alumínio. SP

Hoje passeei em minha cidade,
nas  esquinas da minha mocidade,
livre de preconceitos e edemas,
sem ter que atender telefonemas.

Lá eu não tinha head fone,
nem ficava falando ao celular,
a mamãe gritava alto pra me achar...

As horas eu sabia ao som perene,
marcadas pelo som de uma sirene.
Escola, trabalho e um cinema,
Bate papo com a Claudia e com Helena.

Meus amigos estavam sempre na minha porta,
pra buscar as verduras lá na horta...
E o cinema tinha cheiro de aventura,
sair de casa e voltar com minha ternura.

Encontrava todo mundo na piscina,
os amigos, bicicleta com buzina.

Dor de cabeça se curava com aspirina, espirulina...
Curativo era só na enfermaria,
com mercúrio bem vermelho escarlate,
Meu presente era sempre chocolate.

Muitos primos, muitos hinos ensaiados...
meus amigos bagunçando com risadas,
Dona Helena provocava gargalhadas,
Nosso Hino Nacional e da Bandeira...
apostar uma corridinha na paineira...

Paquerar uma garota com chaveco...
ir tomar um cafezinho lá no Néco!
...jogar pebolim no Bar do Artêmio,
...ir pra fila do Natal, ja era o PRÊMIO.

"Sempre Alerta"... frase nobre da cidade!
Escoteiros ordenados pela idade.

E o medo de repente já me vinha,
de perder a liberdade que eu tinha,
por dizer à autoridade um palavrão,
e encontrar com Edson "caminhão"...

Agora de licença, minha patota,
hoje é dia de levar a minha "nota";
pra ganhar um grande  "F"- Figueirôa,
eu prometo que já volto, numa boa!
(M.A.G.)





Nenhum comentário:

Postar um comentário