DESTAQUE DA SEMANA:

TERRA MÉDIA #LUDERIA

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Pressa.

Vivemos em um época em que a pressa tomou conta das mentes 
e dos corações humanos.
Nunca a tecnologia nos proporcionou fazer tantas coisas em tão 
curto espaço de tempo  e    mesmo  assim    nunca  as  pessoas 
lamentaram tanto a falta de tempo.



Penso que não nos falta tempo e sim prioridades. O mundo se 
encarrega de criar cada vez   mais   estímulos   de consumo e 
entretenimento e na mesma   velocidade nos faz acreditar que 
precisamos dessas coisas  para sermos felizes.Assim, fisgados 
por essa armadilha, entramos  em  um ciclo vicioso que turbina 
nossos pensamentos e cria  mais  desejos  vazios e supérfluos, 
que jamais poderão ser saciados  e  assim  nos   frustramos  e 
mais pressa temos. Ao ponto  que  a  vida  deixa  de ser vivida, 
as alegrias deixam de ser sentidas,  as relações deixam de ser 
compartilhadas. E quando perdermos o controle da pressa, nos 
chocaremos com a realidade.Tarde demais perceberemos que 
a pressa foi tanta, que deixamos as melhores e mais importantes 
coisas pelo caminho de nossa apressada vida...
Alexandre Cândido Salazar

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Meu meio irmão.

Meu meio irmão viajou, e saiu muito cedo,
foi para Penedo, e depois Salvador.

De Salvador foi ao Rio; do Rio , 
São Paulo, depois   Equador.

Se escondeu num navio que ia pra China,
Foi parar em Pequim...
Foi conhecer o Everest
Morou em Budapest, Paris e Berlim...

Se casou com Quitéria, trabalhou na Sibéria,
Morou num porão.
Se escondendo da neve,
onde ninguém se atreve , nasceu  seu João...

João, seu único filho, que lhe botou no trilho,
de volta ao Brasil...
Mas antes, de voltar pra casa, foi com ele em Gaza,
Jordânia e Avril.
Andou no deserto em brasa, 
também no Egito e no Azherbaijão.
Mostrou a metade do mundo,
onde o mar é profundo, ao seu filho João.

Nessa jornada de idas, 
as dores sofridas não lembrava mais.
Sua alegria na vida, era não ver ferida no jovem rapaz.

Chegando então no Brasil, 
foi que decidiu voltar para o sertão,
Essa é a dura história, 
que tem na memória, esse meu meio irmão.

Esse meu meio irmão, filho de Conceição,
não parece comigo,
Já não tem medo da chuva, 
e no temporal não procura abrigo.

Quando a seca e a sede, o incomoda na rede, 
quase perto do chão.
Mollha a boca na agua, mas só mata a sede, 
do seu filho João,
O seu amor de verdade, ficou na cidade, 
Hospital Riachão.
A pobre de Dona Quitéria, 
morreu com bactéria, no coração.

Lá, trabalhava na lida, só comprava comida 
pro seu filho João.
Se alimentava de sonhos, 
das idas e vindas, viagens em vão.

Quem me contou essa história, e as tem na memória,
foi o filho João.
Então,  escrevi essa prosa, 
e mandei uma rosa para meu meio rmão.

Quem viajou pelo mundo, 
conheceu tudo a fundo, e foi bom cidadão.
Teve no descontentamento, morte no esquecimento, 
no piau do sertão.
(Homenagem, ao Marinheiro Jota de Conce)
By Panda.



terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

GIGANT'S HAMBURGUERIA.

                   Quero lembrar os amigos que a Gigant's Hamburgueria, mudou de endereço.
                   Agora está ao lado da Cacau Show, no meio da Cidade.           #EspaçoNovo

By Panda.


sábado, 4 de fevereiro de 2017

GALETO? ...É GALETÃO !


Toda   vez   que você   pensar       em um galeto,
bem assado ou ao ponto...  Ligue para #Galetão
Galeto  grande  com  qualidade e bem embalado.
Fazendo as entregas  rápidas  em  toda a  cidade.
 Bela Vista / Em frente o sinal da Av Pedro e Paulo.
PE 160
081 9 99100797
By Panda.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Morte do Velho Xico.

O Eng. João Alves Filho, Atual Pref de Aracajú, apresentou dados que segundo ele, o Rio São Francisco morrerá em no maximo um ano.Também ofereceu sugestões para reverter o processo. Dentre elas, a transposição das aguas da Bacia Araguaia-Tocantins.A palestra foi ministrada durante a reunião da Comissão das Minas e Energia, da Assembleia Legislativa de Minas Gerais no ultimo dia 27. A diminuição da vazão do Rio São Francisco é a causa de preocupação para a Sec das Minas e Energias da Federação. Isso, que ainda não foram efetivadas as transposições do Velho Xico, conforme projetos Implementados e em andamento em todo o seu "Corpo Sagrado" Brasileiro.
O Engenheiro diz, que se não forem tomadas medidas que evitem o caos nas aguas do "Xico", chegará um momento que será irreversível. Os documentos mostram que as aguas do "Velho Xico", entravam, mais de 30 km mar adentro, tal a força de sua correnteza. Hoje, encontramos peixes de agua salgada ha 150 km dentro do "Velho Xico". Mostrando a falta de resistência da correnteza em suas aguas escassas.
Escutamos tantos debates sobre o assunto, e não encontramos uma "Frente de ação" verdadeira no que ainda temos de nosso "Velho Xico", que durante a história transportou riquezas por todo Brasil.
Segundo o Eng. João Alves Filho, será a maior diáspora de toda a história do Brasil, com um milhão de Sergipanos e um milhão de Alagoanos deixando suas terras, por completa ausência de agua. #Fato
www.grnews.com.br
By Panda.

Vinho ou Agua?

Nos Alpes italianos havia um pequeno vilarejo que se dedicava
ao cultivo de uvas para produção de vinho. Uma vez por ano,
ocorria uma festa para comemorar o sucesso da colheita.
A tradição exigia que, nessa festa, cada morador do vilarejo
trouxesse uma garrafa do seu melhor vinho, para colocar
dentro de um grande barril que ficava na praça central.
Entretanto, um dos moradores pensou: “Por que deverei
levar uma garrafa do meu mais puro vinho? Levarei uma
cheia de água, pois no meio de tanto vinho o meu não fará falta.”
Assim pensou e assim fez. No auge dos acontecimentos,
como era de costume, todos se reuniram na praça, cada
um com sua caneca, para pegar uma porção daquele vinho,
cuja fama se estendia além das fronteiras do país. Contudo,
ao se abrir a torneira do barril, um silêncio profundo tomou
conta da multidão. Do barril saiu apenas água. Como isso aconteceu?
Ocorre que todos pensaram como aquele morador:
“A ausência da minha parte não fará falta.”
Somos muitas vezes conduzidos a pensar:
“Tantas pessoas existem no mundo que, se não fizer minha parte,
não terá importância.”
O que aconteceria com o mundo se todos pensassem assim?
O que se propuser a fazer... FAÇA CERTO!





















(autor desconhecido)
By Panda.